Pensamento do mês

Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Augusto Cury

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

"Shakespeare on Film"

O CINE FACHADA, do Instituto Tomie Ohtake, apresenta “Shakespeare on Film”, um programa em parceria com o British Council.
De 20 a 22 de outubro de 2016, às 19h30
Por meio de uma parceria com o British Council, o Instituto Tomie Ohtake apresenta em seu projeto Cine Fachada três filmes que contam as histórias do dramaturgo britânico de formas originais e reimaginadas. A iniciativa - Shakespeare on Film - faz parte do programa global Shakespeare Lives, que comemora os 400 anos de legado do poeta e dramaturgo, desenvolvido pelo British Council em mais de 90 países, ao longo de 2016.
O Cine Fachada – sessões de cinema ao ar livre, na área externa do edifício em que o Instituto Tomie Ohtake está abrigado – traz, neste programa especial, três longas-metragens raros do acervo do British Film Institute (BFI): Noite Insana (Basil Dearden, 1951), Muito Barulho por Nada (Joss Whedon, 2013) e As Sete Máscaras da Morte (Douglas Hickox, 1973).
A noite de estreia contará com o show da Banda Ludere, que reproduz o clima das telas de Noite Insana
Esperamos vocês!

Convidem os amigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário